English   |   Español   |   Français
Já está registrado?  Acesse a área restrita: login  senha


Conferência UIPES
Iniciadas em 1951, em Paris, as Conferências Mundiais em Promoção da Saúde promovidas pela União Internacional para ...


Sobre a UIPES
A União Internacional para a Promoção da Saúde e Educação (UIPES) é uma associação mundial de indivíduos...


Sobre a ABRASCO
A Associação Brasileira de Saúde Coletiva - Abrasco, é uma sociedade científica de âmbito nacional...


Sobre Curitiba
Fundada em 1693, Curitiba é a capital do Paraná, um dos três estados da região Sul do Brasil. Hoje, contando com os 28...
 

Home

Pedidos de Visto

Sobre o Logo

Conheça os Autores

Comitê do Legado

Comitês

Convidados

Programação

Inscrições

Atividades Extras

Resumos de Trabalhos

Expositores

Notícias

Local do Evento

Hospedagem

Fale Conosco

Sobre a ABRASCO


Associação Brasileira de Saúde Coletiva - ABRASCO.

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva - Abrasco, é uma sociedade científica de âmbito nacional, pessoa jurídica de direito privado, com natureza e fins não lucrativos, não-governamental e de utilidade pública, fundada em Brasília dia 27 de setembro de 1979.

Foi nesta data que a 1ª Reunião sobre Formação e Utilização de Pessoal de Nível Superior na Área da Saúde Pública, na sede da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS), na capital federal, mobilizou técnicos, profissionais, estudantes e professores de programas de Pós-Graduação em Medicina Social e Saúde Pública - empenhados em fundar uma associação que congregasse os interesses dos diferentes cursos da área e que marcasse uma nova postura frente aos saberes e às práticas desse campo do conhecimento: a Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva. Passados 30 anos, a incorporação dos novos cursos de Graduação em Saúde Coletiva levou à mudança do nome da entidade para Associação Brasileira de Saúde Coletiva - Abrasco, definido em Assembleia Geral de 13 de novembro de 2011.

A missão da Abrasco é apoiar indivíduos e instituições ocupados com ensino graduado e pós-graduado, pesquisa, cooperação e prestação de serviços em Saúde Coletiva, com o propósito de ampliar a qualificação profissional para o enfrentamento dos problemas de saúde da população brasileira.

Criada com a finalidade de atuar como mecanismo de apoio e articulação entre os centros de ensino e pesquisa em Saúde Coletiva para fortalecimento mútuo das entidades associadas e para ampliação do diálogo com a comunidade técnico-científica e desta com os serviços de saúde, as organizações governamentais e não governamentais e a sociedade civil, a Abrasco como uma sociedade científica tem por objetivos:

  • Refletir sobre formação em saúde coletiva, em níveis de graduação e pós-graduação;
  • Propor diretrizes para formação de profissionais e pesquisadores na área;
  • Contribuir com a agenda de pesquisa para avanço científico e tecnológico da Saúde Coletiva;
  • Representar a área em fóruns com a comunidade científica nacional e internacional;
  • Dialogar com órgãos e instâncias governamentais e não-governamentais, academia, serviços de saúde, práticas, movimentos sociais e a sociedade civil como um todo;
  • Contribuir para a construção de um sistema público de saúde, baseado nos princípios da universalidade, da igualdade e da integralidade, através do fortalecimento da formação de pessoal, da produção e da disseminação do conhecimento científico no campo da Saúde Coletiva

No plano nacional, para além da dimensão acadêmica, a missão da Abrasco está diretamente vinculada ao desenvolvimento de práticas e políticas públicas em saúde no âmbito dos serviços, em todos os níveis do Sistema Único de Saúde - SUS. Portanto, a Abrasco pressupõe fortalecer a interlocução qualificada com o corpo dirigente de Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde e do Ministério da Saúde, sobretudo para contribuir com investimentos na formação de mão de obra qualificada, em particular, de especialistas com mestrados e doutorados; melhoria da gestão em saúde; enfrentamento dos Determinantes Sociais da Saúde na luta pela equidade e consubstanciar o desenvolvimento e consolidação do SUS. Com participação ativa no Conselho Nacional de Saúde, a Associação articula suas atividades com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) com representação em favor dos interesses da população, com vistas à melhoria de suas condições de saúde e das ações do SUS.

A Abrasco liderou em 2011, a elaboração de uma Agenda Estratégica para a Saúde, em parceria com muitas entidades (CEBES, SBPC, SBMF&C, REDE UNIDA, ABEN, SBIS, CFM, CONASEMS, ABRASME e APSP) com esforço excepcional de mobilização dos militantes da reforma sanitária. Esta Agenda foi entregue ao Ministério da Saúde e ainda à Presidenta da República Dilma Rousseff.

No âmbito internacional, com articulação e interlocução permanente com diferentes instituições que atuam no campo da saúde coletiva / saúde pública a Abrasco é membro da World Federation of Public Health Association (WFPHA) contribuindo para a promoção e proteção da saúde de modo global na advocacia por políticas públicas, programas e boas práticas para a saúde das populações, como um direito de cidadania. Assim, a Abrasco participa ativamente, dos Congressos Internacionais de Saúde Pública, tendo acolhido um deles na cidade do Rio de Janeiro, em 2006: o 12º Congresso Mundial de Saúde Pública em conjunto com o 8º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva.

Na América Latina uma das mais fortes articulações da Abrasco ocorre com a Associação Latino Americana de Medicina Social (ALAMES) e a Associação Internacional de Políticas de Saúde (IAHP), com as quais atua na construção de uma agenda regional em torno da equidade, da ética e do direito à Saúde. Com tais parcerias realizou, em Porto Alegre em 2011, o 1o Encontro Latino Americano de Entidades de Saúde Pública e a segunda edição desse encontro em 2013, também em Porto Alegre, com o propósito de fortalecer a agenda internacional comum às entidades participantes e a interação dessa Rede Latino Americana de Saúde Coletiva aos movimentos internacionais. É importante ressaltar que na área da Epidemiologia, a inter-relação é efetiva com a Associação Internacional de Epidemiologia (IEA) e que, sobretudo na elaboração de projetos, programas e de debates, a Abrasco também se articula com a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS/OMS). São esses os laços mais estreitos que a Abrasco mantém com associações internacionais e defende a saúde coletiva / saúde pública para um mundo melhor.

As atividades da Abrasco ocorrem com a coordenação de sua Diretoria e Conselho, estruturando-se com três Comissões que abrangem os grandes eixos do campo, constituindo-se a partir de 3 macro áreas disciplinares da Saúde Coletiva: a Comissão de Epidemiologia; Comissão de Política, Planejamento e Gestão em Saúde; Comissão de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. A partir das questões temáticas do campo, se constituem atualmente 16 Grupos Temáticos se debruçam quer na relação com a ciência, com o Estado e com a sociedade. Além desses há dois Fóruns (Fórum de Coordenadores de Cursos de Pós Graduação e o Fórum de Graduação), um Comitê (Ciência, Tecnologia e Inovação) e algumas Redes que se consolidam ao longo do tempo.

A Abrasco tem sua sede no Rio de Janeiro, onde funciona a Secretaria Executiva da Associação.

Como parte estratégica do desenvolvimento de suas atividades, a Abrasco:

  • Realiza eventos que ocorrem de modo regular e periódico, representando os principais eixos da Saúde Coletiva: (a) os Congressos de Ciências Sociais e Humanas em Saúde; (b) os Congressos Brasileiros de Epidemiologia; os (c) Congressos de Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde e (d) os Congressos Brasileiros de Saúde Coletiva. Estes últimos, também conhecidos como “Abrascão”, ocorrem a cada três anos e demarca a mudança de gestão da Diretoria e do Conselho da Abrasco. Todos de modo geral, congregam públicos que se aproximam de no mínimo, 2000 pessoas; exceto o “Abrascão” que habitualmente ultrapassa de 5 a 6 mil participantes. Desenvolve outros modelos de eventos como seminários, oficinas, reuniões, etc.
  • Produz, edita e disponibiliza para a comunidade acadêmica, duas revistas científicas: a “Ciência e Saúde Coletiva” e a “Revista Brasileira de Epidemiologia”. Indexadas às melhores bases de dados de importância nacional e internacional, com classificações de qualidade dentre as publicações avaliadas pela CAPES, as revistas contribuem para a divulgação do conhecimento produzido no campo da saúde coletiva e iniciam debates e discussões sobre temas relevantes para o contexto nacional da Saúde Coletiva e institucionalização deste campo no país. Além de serem indexadas com seus.
  • Desenvolve e administra Projetos, com diversos parceiros institucionais, coordenando-os desde o ponto de vista técnico-científico como daqueles financeiros e contábeis.
  • Possui uma livraria - Abrasco Livros, com espaço presencial e de acesso “on line”, com o propósito de fomentar essencialmente a divulgação editorial das áreas de Saúde Coletiva.
  • Disponibiliza e atua nas mídias sociais, como facebook e twitter, com destaque para seu website, coordenados pelo setor de comunicação da Abrasco.

Associação Brasileira de Saúde Coletiva
CNPJ: 00.665.448.0001-24
Rua Rosa da Fonseca nº 354 - Loja A, Manguinhos
CEP 21.041-240, Rio de Janeiro/RJ.
(55) (21) 2560-8699 - 2560-8403

E-mail: abrasco@abrasco.org.br
Website: www.abrasco.org
Facebook: https://www.facebook.com/abrascoPos
Twitter:  www.twitter.com/abrasco



Realização:


Patrocínio:



Apoio:


 
 

Desenvolvido por Zanda Multimeios da Infomação